Como fazer uma prancha de surf de madeira

Início > >Como fazer uma prancha de surf de madeira
Jul 23, 2020 David Weber Academy

Como fazer uma prancha de surf de madeira

Cada vez mais em destaque no cenário do surfe, as pranchas de madeira, assim como qualquer outro tipo de prancha, podem ser construídas a partir de diferentes formas e métodos. Dos tipos de pranchas de surf de madeira mais conhecidos, posso citar 3 grandes grupos:

1. Pranchas ocas de madeira 

2. Pranchas maciças de madeira (Chambered)

3. Alaias (100% maciça)

Nesse post, irei abordar e comentar de maneira aprofundada sobre o processo de construção de Pranchas de Madeira Oca (1). O foco será destinado nesse método devido a sua popularidade e performance.

 

 

Como fazer uma prancha de surf de madeira – oca 

método David Weber Surfboards

 Por onde começar? Bom, vou explicar aqui da mesma forma que ensino nos meus Workshops. Tudo começa com o projeto da sua prancha de madeira, ou seja, as dimensões (largura, espessura, comprimento), curvas (rocker, dome deck), contornos de fundo (flat, s. concave, d. concave, V bottom, canaleta), rabeta (squash, round, swallow, square, diamond, bat), posicionamento e disposição das quilhas (single fin,twinfin, three-fin, quad-fin), bordas (60/40, 50/50), entre outros elementos do shape.

 

“Muitas pessoas ainda acham que construir uma prancha de madeira seria algo em que você “cria” um shape colocando a mão na massa. Mas na verdade, o que fazemos é “encontrar” o shape enquanto colocamos a mão na massa! Depois de projetar a prancha no computador, o projeto é exportado e convertido em um esqueleto, que será a estrutura interna da prancha. Então, os elementos do shape todos já estão contidos no esqueleto. Por isso “encontrar” e não “criar” o shape!

 

 Então, a primeira etapa para começar a construir sua prancha de madeira é o projeto.

 

Depois de finalizar o projeto da sua prancha – normalmente feito em softwares de CAD 3D específicos para pranchas de surf – você deverá exportar o projeto, de maneira que aquela prancha que você está visualizando seja convertida no esqueleto, que é a estrutura interna de sustentação da prancha. Aqui começam as partes mais legais, que é transformar o projeto já exportado e convertido em realidade! E logo depois achar um jeito de revestir essa fina estrutura interna (de madeira) com mais madeira! A segunda etapa do processo, então, consiste em exportar o projeto da sua prancha, gerando o projeto de uma estrutura interna, a qual chamarei de esqueleto

“Quando falo método David Weber Surfboards de construção de pranchas de surf de madeira, é a isso que me refiro – o ato de produzir o esqueleto e revesti-lo com madeira da maneira mais otimizada, sustentável, e com a melhor performance possível. Projetar a prancha no computador é muito simples comparado a todo o processo que temos pela frente – é claro que projetar a prancha é uma tarefa extremamente importante, inclusive, sempre busquei produzir os shapes mais funcionais para as pranchas de madeira do meu quiver, e para isso, foram necessários muitos anos de testes com diferentes tipos de surfistas; tanto profissionais como amadores. 

No entanto, diversos shapers do mundo conseguem resultados muito satisfatórios nesse sentido de projetos computadorizados para pranchas de surf convencionais. Agora, poucos shapers no mundo conseguiram achar uma forma revolucionária de construir pranchas de surf, ou seja, um processo rápido, sustentável, leve, durável e com performance. Isso está mudando agora, as pessoas estão valorizando cada vez mais o trabalho artesanal, sustentável, e isso abriu espaço para as pranchas de madeira ”

 

O terceiro passo é a confecção do esqueleto, ou seja, transformar o projeto exportado em realidade. Para isso, podemos fazê-lo manualmente ou utilizando uma máquina CNC, de maneira que obtemos um esqueleto pronto, cortado precisamente com o suporte de um computador. É dessa maneira que eu faço a confecção das minhas pranchas, mas caso você não tenha acesso a esse tipo de serviço, fique tranquilo: você pode cortar manualmente, e fica tão perfeito quanto! Essa parte eu abordo na Aula 0 do Workshop Online de Construção de Pranchas de Surf. Chamei justamente de Aula 0 pois apenas os alunos que confeccionarem o esqueleto manualmente utilizarão esta aula. Aqueles que conseguirem o esqueleto previamente cortado, assim como eu faço, podem pular diretamente para a Aula 1.

 

A quarta etapa consiste em construir e colar o bottom da prancha (a parte de baixo). Aqui, deixamos de lado o esqueleto e fazemos a escolha e a separação de lâminas de madeira, de maneira que alcancem a prancha em comprimento e largura. Lembre-se que o comprimento das tábuas deve ser maior que o tamanho da prancha, pois essas placas sofrerão uma curvatura para se adequar ao rocker da prancha.

 

A quinta etapa é a colagem do bottom no esqueleto. Aqui nessa etapa, a prancha começa a tomar forma, já é possível visualizar alguns elementos do shape como as curvas de fundo e o rocker. Mas como fazemos para dar essa curva, ou rocker, na madeira? Quem já tentou curvar madeira alguma vez na vida sabe do que estou falando... Essa é uma tarefa extremamente complicada, e por isso, utilizamos uma ferramenta que facilita esse trabalho ao máximo, de forma que qualquer pessoa pode executar, sem qualquer experiência prévia. Essa ferramenta é a Mesa de Rocker. A mesa de rocker faz parte das 2 ferramentas essenciais necessárias para a construção de pranchas de surf de madeira oca, a outra é o Cavalete de Shape, que já será utilizado logo após a prancha sair da mesa de rocker, até o final do processo. Os projetos da Mesa de Rocker e do Cavalete de Shape estão inclusos no nosso Curso Online, para você se preocupar apenas com a parte legal do processo todo!

 

Após pelo menos 12h de secagem (o tempo de secagem vai variar conforme temperatura, umidade...) a prancha sai da prensa, e então começamos a sexta etapa, que consiste na construção da borda. Essa parte é uma das que mais difere entre os shapers de pranchas de madeira: cada um utiliza um método diferente. Eu mesmo já experimentei vários deles, mas acabei me consolidando em um método que eu mesmo inventei. Essa forma que desenvolvi de construir as bordas da prancha de surf alivia muito peso, uma vez que não utilizamos madeira extra em lugares desnecessários, como é feito nos outros métodos. Dessa forma, você não pode simplesmente esculpir a borda como você “quer”, mas sim como foi ela projetada! 

 

“As pranchas de surf de madeira modernas são objetos muito inteligentes, assim como seus criadores - é claro. Aqui não há nada de bruto ou torto. Muito pelo contrário, por se tratar de um processo artesanal, a consequência é um produto muito superior a um feito em processo industrial. Aqui cabem muitos paralelos e exemplos. Vou utilizar os dois principais que me veem a cabeça: carros e violões. 

Você acha que os melhores carros e violões do mundo são feitos industrialmente ou feitos a mão? Então, sinto-lhes informar mas os melhores carros e violões do mundo são feitos a mão. A Mercedes Benz, por exemplo, tem uma linha exclusiva de carros chamada AMG (os mais potentes estão aqui), onde o carro dessa linha é montado de maneira artesanal, por uma pessoa. O motor do carro leva uma placa com o nome do engenheiro responsável e sua assinatura. Assim, uma valorização dos produtos artesanais que se mostra muitas vezes oculta aos olhos de leigos”

 

A sétima etapa do processo consiste em colar o deck (parte de cima). Aqui novamente utilizaremos a mesa de rocker, que ajustará tanto o rocker da prancha como o seu dome deck.

 

Depois de esperar o tempo de secagem, tiramos a prancha da prensa, que agora não será mais utilizada nessa prancha – no entanto ela continua sendo útil para a construção de qualquer outra prancha que você venha a a projetar; com uma mesa de rocker podem ser construídas infinitas pranchas de surf. 

 

Nessa etapa do processo, a prancha se encontra com seu shape ainda bruto, aqui fazemos algumas modificações a fim de deixar o shape cada vez mais suave e parecido com o projeto inicial. Essa é uma das partes que meus alunos mais gostam... Então a oitava etapa do processo consiste no shape da prancha de surf. 

 

Aqui termina o Método de Construção David Weber Surfboards, que é todo o processo de "criação" e “usinagem” da prancha até o Shape final. No entanto, a prancha ainda não está pronta para ir para a água. Ainda falta a laminação, hot coat, e instalação de plugues e quilhas. Essa parte do processo além de ser comum às pranchas convencionais, ela também demanda muito tempo de espera devido ao tempo de secagem da resina. Só aqui vão mais 72h de espera enquanto a resina seca entre as diferentes etapas, o que me impossibilita de incluir essas etapas nos Workshops Presenciais.

 

Os Workshops Presenciais são os cursos de 3 dias que ministro ensinando aos meus alunos todas essas etapas descritas acima. Além de aprender todo o método e todos os segredos, você constrói a sua própria prancha durante o curso! Isso mesmo, você aprende enquanto põe a mão na massa, e de brinde ainda leva uma prancha pra casa. E antes que você pense que isso pode não ser para você, que a sua prancha pode não ficar boa, lembre-se do que falei no começo desse artigo: nos iremos “encontrar” o shape, e não “cria-lo” durante o curso. O shape que você vai construir já foi criado por mim, e aperfeiçoado pela nossa equipe de surfistas. Testado e aprovado também por nossos alunos, que hoje surfam diariamente com as pranchas que construíram com suas próprias mãos, Esse curso é apto para qualquer pessoa, de qualquer idade, gênero, e nível de engajamento com surf ou marcenaria.

 

E para quem quer investir um pouco menos, sem sequer precisar sair de casa, apresentamos o Workshop Online de Construção de Pranchas de Surf. Projeto criado em 2018 por mim e minha equipe, onde dedicamos anos na confecção de um curso que pudesse ser tão didático e eficaz quanto o curso presencial, e que fosse ainda mais completo, pois agora não teríamos o tempo como fator limitador. Nesse curso online, além de entregar todos os segredos da construção de uma prancha de madeira de alta performance (assim como nos cursos presenciais), também ensino o processo que sucede: Laminação, Hot Coat, Instalação de quilhas e plugues, e Acabamento final. Hoje, já temos muitos alunos construindo suas pranchas comigo, a distancia, e o mais legal de tudo é que vejo esses alunos tão satisfeitos quanto os alunos dos cursos presenciais. O projeto iniciado em 2018 foi um completo sucesso,entregou tudo que prometia ( e até um pouco mais!).

 

Se você também quer construir a sua própria prancha de surf de madeira, seja simplesmente por viver essa incrível experiência, seja por buscar um novo hobby ou profissão, então venha fazer parte da nossa comunidade de Shaper de Pranchas de Madeira.

 

Clique aqui para entrar no Grupo do Telegram

Clique aqui para ver as próximas datas dos Cursos PresenCIAIS

Clique para se inscrever no Workshop Online de Shaper 

 

 

Artigos relacionados

Telefone | WhatsApp:

+55 (48) 98402.9616